Mitti

sobre

Mitti Mendonça nasceu em 10 de setembro de 1990, e reside e trabalha em São Leopoldo, no RS. Artista têxtil, designer gráfico, ilustradora e arte-educadora, além do circuito das instituições de arte, também atua como ilustradora publicitária. Participou de diversas exposições como a “Exposição Mulheres Artistas: Tensões e Reminiscências” (2019) na Pinacoteca Rubens Berta em Porto Alegre, “Exposição Afeto Presente” (2020) na Galeria Ecarta e a coletiva "Arte num país de retrocessos" no Festival Feminista de Lisboa em Portugal, além de projetos no Tomie Ohtake (2021) e Instituto Goethe de Porto Alegre (2020). Criadora do selo Mão Negra (2017), Mitti é uma artista que apresenta várias técnicas, mas por meio de seus sensíveis bordados, crochês e colagens, cultiva produções que dialogam com a memória, afetos e subjetividades da negritude. Para ela, em seu trabalho, a memória é uma ferramenta que possibilita, cura, novos futuros e mostra a potência do povo preto.